8 de abr de 2014

É tão certo quanto o preto em seu vestido branco

Vem a música desentupindo meus ouvidos
Levada pelos mesmos caminhos que esqueci de mapear
Corredores com telas onde me desdobro
Vê-me música!
Com a cara mergulhada em desilusão, um cigarro e plástico bolha.

É possível que tenha morrido
Tal qual o preto em seu vestido branco





Nenhum comentário:

Postar um comentário