24 de abr de 2017

Coração tóxico

Assim como um cigarro aceso
Aquilo que era mútuo e sútil
Aos pouco vai queimando

Um amor quente e febril
Sendo tragado para o coração
Resíduos de um sentimento
Transformados em sermão.

Queima até a ponta
Com ardor
Com pudor
Sem amor...

Virou fumaça

Nenhum comentário:

Postar um comentário