7 de nov de 2012

Um Trato



Meu corpo está fraco, nem pareço ter 17 anos. Olhos cansados, costas doendo. Preguiça.
Tão cansado que nem demoradas reflexões tenho feito, me sinto tão comum.
Perdi a frieza e o domínio na minha concentração, minha melhor qualidade que me tornava tão arrogante. 
Saudades do meu tempo de moleque...

Estava assim, sabe?

Modo automático?

Bom Dia
R: Bom Dia

Tapa na cara
R: *virar outro lado*

Estava fácil até que chegou uma oportunidade - às vezes na vida você tem chances de escolher o destino.

Não foi uma escolha que meus conceitos considerem certa, mas foi uma escolha.

Estranhamente esse estilo de vida - "Eu por você" esta me caindo bem.
Nós humanos somos tão simples nessas complexas teorias que nos explicam e concretizam motivos para nosso comportamento...
 É tudo tão claro, "vai dar merda", mas cá estou eu tentando de novo.
Só pra ser mais feliz!
Estou no caminho errado...
Não quero admitir.
Essa vida que escolhi não é pra mim, como posso sentir ainda?
Estranhamente estou pouco ligando pra tudo isso, cavando dentro de um oceano de esperança em busca de qualquer coisa que possa mudar nossa realidade.
É bom, estranho.
Na verdade eu não sei, vamos viver mais?



~
Na boa, sou jovem e não fã de romantismo. Hora de viver essa vida do jeito que eu quero  rs

Nenhum comentário:

Postar um comentário